Trabalhadores podem precisar devolver valor do auxílio emergencial; entenda como vai funcionar


PUBLICIDADE

O Auxílio Emergencial chegou em um momento em que boa parte da população se viu sem a sua fonte de renda e sem ter como pagar as contas e colocar comida na mesa. Felizmente, mais de 30 milhões de pessoas já foram beneficiadas.

Imagem: Reprodução/Internet
Contudo, uma nova mudança na lei pode fazer com que esse valor seja visto como um empréstimo e tenha que ser devolvido pela população posteriormente, desde que tenha um aumento na renda. 

O que é o Auxílio Emergencial?

Caso você não tenha acompanhado as últimas notícias, o auxílio emergencial foi criado com o objetivo de beneficiar os trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados que, de alguma forma, seriam prejudicados durante a crise causada pelo Covid-19.

O benefício de R$600,00 será pago para todas as pessoas que se encaixarem nos pré-requisitos, ao longo de três meses ou enquanto a crise continuar. É possível que duas pessoas da família consigam o benefício. 

Trabalhador terá que devolver os R$600 do Auxílio Emergencial

A mudança da lei foi aprovada pelo Senado e sancionada pelo Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido). A nova mudança afirma que, os trabalhadores que receberem mais que o limite da isenção do Imposto de Renda terá que devolver integralmente o valor que recebeu do auxílio. 

Infelizmente, o valor a ser devolvido conta também o dos seus dependentes, e as parcelas do auxílio não entram no cálculo de renda anual. 

Neste momento, não paga IR quem recebeu até R$ 28.559,70 ao longo do ano inteiro, com salários, aposentadorias ou aluguéis, por exemplo. Esse valor pode mudar para a declaração do ano que vem, mas ele não é atualizado desde 2015.

Quais são os requisitos necessários para solicitar o auxílio emergencial?

Existem alguns pré-requisitos necessários para que você consiga receber o auxílio emergencial, dentre eles estão:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Ter renda familiar mensal de até três salários mínimos, o que equivale a R$3.135,00, ou ter renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo, o que equivale a R$552,50;
  • Não pode ser aposentado ou receber outro benefício do governo, exceto Bolsa Família;
  • Não pode estar recebendo seguro-desemprego.

No caso de você já ter cadastro no CadÚnico ou já foi beneficiado do Bolsa Família até o dia 20 de março de 2020, você não precisará realizar um novo cadastro no site da Caixa, e o valor será depositado diretamente na sua conta.

Além disso, como é necessário estar com o CPF ativo, você precisa estar em dia com o Governo, ou seja, a sua declaração deve ter sido enviada e você não pode ter pendências com a Justiça Eleitoral. Felizmente, a maior parte dos problemas acerca da regularização do CPF são fáceis de serem resolvidas. 

Caso você seja chefe de família, é possível receber o dobro do valor, ou seja, R$1.200,00. Nesse caso, você recebe por você e pela outra pessoa que forneceria o complemento de renda da sua família. 

O mais importante é que você preencha todos os seus dados e o da sua família corretamente e tenha muita atenção ao realizar o cadastro, pois dessa forma o seu pedido será aprovado rapidamente e você receberá a primeira parcela do auxílio. 

Entenda como deveria funcionar a compensação do Auxílio Emergencial

Inicialmente, quando a lei do Auxílio Emergencial foi criada, ela excluía pessoas que haviam faturado mais de R$28.559,70 no ano de 2018 e, infelizmente, muitas pessoas que precisavam do Auxílio em 2020 acabaram ficando de fora por conta da lei.

A lei mudou depois que a primeira parcela de R$600,00 foi paga e, tanto a Câmara quanto o Senado concordaram com um projeto que retirava a primeira lei e incluía as pessoas que haviam recebido mais de R$28.559,70 no ano de 2018. 

Apesar da nova lei beneficiar mais pessoas, ela deixa claro que pessoas que acabarem o ano de 2020 com uma renda que ultrapassa o teto para a isenção do Imposto de Renda, o valor do Auxílio Emergencial terá que ser devolvido no ano seguinte. 

Como funciona a devolução

Como a lei foi sancionada há pouco tempo, ainda está sendo estudada a forma como o valor será devolvido para os depósitos do governo.

A única coisa certa é que pessoas que terminarem o ano de 2020 com uma renda superior aos R$28.559,70 terão que devolver o valor do Auxílio Emergencial no ano de 2021. O valor a ser devolvido também conta as parcelas que os dependentes da família receberem. 



Caso você tenha recebido o Auxílio Emergencial e verificou que terá uma renda superior ao teto de Isenção do Imposto de Renda, deve fique ligado nas próximas notícias sobre como funcionará a devolução dessas parcelas para não perder nenhum prazo e acabar ficando com multas acima do que pode pagar. 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Nome

2020,17,agendamento,3,amostra,1,aplicativos,16,aposentadoria,2,app,1,auxilio emergencial,7,banco digital,2,bancos,1,beneficio,5,bolsa família,5,brinde,2,brindes,1,caixa,1,carros,5,cartao,1,cartão,4,cartão de crédito,20,cartão digital,6,casa,1,cashback,2,cnh digital,3,como conseguir,1,como fazer,5,como funciona,4,como participar,1,consulta,4,consulta online,30,consuta online,1,cpf,10,credito,1,crédito,8,crise,1,cuidados,2,Curiosidades,29,curso,11,dentista,2,desconto,4,detran,3,dicas,18,dinheiro,3,dividas,1,ead,10,eletrônicos,4,emprestimo,8,Erica Villaça,18,estado,1,fgts,11,financiamento,2,fortnite,3,free fire,4,ganhar dinheiro,1,golpe,1,governo,2,Gratis,35,gratuito,10,habilitação,1,ibge,1,idiomas,3,implante dentário,1,imposto de renda,6,informatição,2,informativo,18,inglês,2,inss,14,internet,2,IRPF,5,Jaqueline Barth,19,jogos,1,jogos online,4,leilões,10,limpar nome,1,minha casa minha vida,1,multas,1,negativado,11,nota fiscal,1,Notícias,4,nubank,2,Online,37,pasep,1,pis,1,previdência,1,promoção,4,quarentena,1,receita federal,7,ricardo barth,12,saiba mais,2,saque,4,saque anual,1,saque fgts,1,score,5,segunda via,1,sem anuidade,9,serasa,4,simulação online,1,skins,1,sorteio,1,spc e serasa,3,supermercado,1,sus,9,Tecnologia,12,televisão,1,viagens,4,
ltr
item
Só Tecnologia: Trabalhadores podem precisar devolver valor do auxílio emergencial; entenda como vai funcionar
Trabalhadores podem precisar devolver valor do auxílio emergencial; entenda como vai funcionar
Governo divulga informação de que alguns trabalhadores terão o seu auxílio emergencial considerados como um empréstimo e precisarão devolver o valor de R$600 no futuro, entenda como vai funcionar.
https://1.bp.blogspot.com/-Kdga4XiTRMM/XtVBe6zUA9I/AAAAAAABMhs/yEFe8oQK2k0vAJqiQhf8D383V2qye7V4gCLcBGAsYHQ/s1600/devolver%2Bauxilio.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-Kdga4XiTRMM/XtVBe6zUA9I/AAAAAAABMhs/yEFe8oQK2k0vAJqiQhf8D383V2qye7V4gCLcBGAsYHQ/s72-c/devolver%2Bauxilio.jpg
Só Tecnologia
https://www.sotecnologia.com/2020/06/trabalhadores-podem-precisar-devolver-valor-do-auxilio-emergencial-entenda-como-vai-funcionar.html
https://www.sotecnologia.com/
https://www.sotecnologia.com/
https://www.sotecnologia.com/2020/06/trabalhadores-podem-precisar-devolver-valor-do-auxilio-emergencial-entenda-como-vai-funcionar.html
true
3126608251266867534
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts Veja mais Leia mais Reply Cancel reply Delete By Home PAGES POSTS View All RECOMMENDED FOR YOU LABEL ARCHIVE Pesquisar ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy